Resolução da qualificatória para o Gwent Challenger #2

Nesse final de semana ocorreu a qualificatória para o Gwent Challenger, valendo duas vagas para Gwent Challenger que acontecerá em Dezembro, na Polônia.

De 200 jogadores que obtiveram a mais alta pontuação na Pro Ladder passada e ganharam o acesso à qualificatória,  8 brasileiros foram classificados. Das 21 pessoas que se classificaram para as finais da qualificatória e tivemos 2 brasileiros entre eles: Nocryingok, que terminou no top 16 e id_Pride, que terminou no top 6!

O cenário brasileiro vem se destacando lá fora, como o The Gwentlemen Invitational, onde tivemos a equipe braisleira classificada para a fase de mata-mata, na última qualificatória do  Gwent Slam tivemos brasileiros avançando e agora na etapa final da qualificatória do Challenger.

Brasileiros classificados para a qualificatória do Gwent Challenger

Os vencedores da qualificatória foram o alemão Kolemoen e o polonês Adzikov, que possui um currículo surpreendente: Ficou em 1° na última temporada da Pro Ladder, se classificou para o Open, além de se classificar para a final presencial do Gwent Slam. Agora se classificando para o Gwent Challenger diretamente. Eles não chegaram a disputar uma partida final (o torneio parou por aí).

Resumindo, temos os seguintes classificados para o Challenger de Dezembro: Lifecoach (que ganhou o primeiro Challenger), Shaggy e J0rah (finalistas do primeiro Open), Adzikov e Kolemoen (por esta qualificatória), os finalistas do próximo Open (se Adzikov ganhar é provável que ceda a vaga para o próximo do Open) e o  jogador com maior  Crown Points (CP) irá para as finais. Atualmente Lifecoach e Adzikov lideram a pontuação dos CP, então o próximos da lista provavelmente estará dentro do Challenger, fechando assim os 8 jogadores que disputarãm o prêmio total de $100.000,00.

Top 6 qualificatória para o Gwent Challenger

O circuito oficial da CDPR intitulado Gwent Masters possui 3 ‘tiers’ de torneio: Open, Challenger e o World Masters. Para saber mais detalhes, acesse o site oficial da competição, bem como acompanhar os líderes em CP e o atual rank da Pro Ladder.

Nocryingok até a publicação deste post está em 10° na atual temporada da Pro Ladder, além de ser um dos 8 finalistas da Gwent Pro Cup, a “Copa América” de Gwent. Confira aqui a entrevista que o Vale do Pontar fez com Nocry antes da GPC. Pride quase se classificou para o Challenger e o Gwent Slam, apresentando uma consistência muito boa em torneios internacionais.

Um dos propósitos do Gwent é esse:  O jogador se manter constante por suas habilidades e não o fator sorte, e apesar da ‘coinflip’ (pequena vantagem do jogador que não inicia a partida), vários jogadores como Pride e Nocry estão mantendo ótimas constâncias.

Nesta qualificatória o Brasil foi melhor que os jogadores da América do Norte e os asiáticos. O cenário nacional vem crescendo e com ele, jogadores estão se destacando lá fora, o que é ótimo para que o cenário local cresça cada vez mais.