[UPDATE] Conclusões do Gwent Slam #3 e Gwent Wolf Cup #3

Tivemos um fim de semana de muita jogatina de Gwent, com dois campeonatos em suas terceiras edições: Gwent Slam #3 e Gwent Wolf Cup #3. Vamos começar pelo GS #3!

O torneio foi iniciado com Shaggy abrindo 2 x 0 pra cima de TailBot porém o polonês vira e ganha de 3 x 2 e derrota Shaggy! Foi o primeiro classificado do dia. Na segunda partida, Eisloth fez 1 x 0 mas em seguida Freddybabes (campeão do último Open) empatou. Porém em uma performance muito boa, Eisloth emplacou o 3 x 1 e deixou Freddybabes na saudade! Na terceira partida, Dyuhaaa abre o placar contra Adzikov, que empata logo em seguida. Adzikov vira porém Dyuhaaa conseguiu manter a cabeça fria e mandou um 3 x 2 incrível! Na quarta e última partida do primeiro dia, Petrify abre 1 x 0 porém Gameking empata em seguida e vira no 2 x 1. Petrify consegue empatar, porém a última vaga para as semi-finais fica com Gameking!

No último dia, TailBot começa fazendo incrível 3 x 0 pra cima do Eisloth e foi o primeiro finalista do Gwent Slam #3! Já no segundo jogo, Dyuhaaa começou perdendo de 2 x 0 para o Gameking mas conseguiu uma virada ÉPICA, emplacando o 3 x 2! Na grande final, Dyuhaa abre 2 x 0 contra Tailbot. Aí pensamos: “Será que o resultado do último Gwent Open, onde este perdeu de 3 x 0 na final iria se repetir?” Não! Tailbot diminui fazendo 2 x 1 porém não foi suficiente. Dyuhaaa entra nesta galeria de campeões do Gwent Slam fazendo o 3 x 1, ao lado do Freddybabes que ganhou o primeiro e Gameking, vencedor do segundo GS!

GS #3, além dar USD 10.000,00, valeu um total de 21 Crown Points. Dyuhaaa faturou sozinho 11 CP.

UPDATE: Vejam o infográfico que OtakuMZ escreveu para o Gwentlemen. Temos muitas informações interessantes nele.

A começar pela facção mais popular, vimos Monstros, Reinos do Norte e Nilfgaard empatados. Porém em relação a WinRate, temos surpreendentemente Scoia’tael com a maior porcentagem de vitórias, seguido de  Nilfgaard e Reinos do Norte respectivamente. De 15 líderes ao todo no jogo, 9 foram levados para o GS. Emhyr foi o líder mais levado e também o mais banido.

E olhe o fato interessante, a coinflip agora é chamada de red (quem joga em segundo) e blue (quem joga primeiro). E quem jogou em primeiro obteve 51% da taxa de vitória! Isso mesmo, estas são as estatísticas deste Gwent Slam. No GS #1 e #2 a winrate foi 50:50. Ainda acrescentaram que no Open quem teve a blue coin (jogou em primeiro) representou 53% de vitória. Ou seja, a estatística para estes torneios foi invertida do que vimos até agora, porque no primeiro Gwent Slam quem jogava em segundo tinha 72% de vitória, por exemplo. A diferença é mínima mas existe. Tudo bem que o GS é um torneio com pouco número de jogos, porém é um comparativo interessante a ser feito e abre espaço para boas discussões isso.


E por fim, tivemos o Gwent Wolf Cup #3 no sábado, o campeonato organizado pelo grupo Gwent_Esp, e JamediEU foi o campeão. Porém, quem ficou na segunda colocação e quase levou o caneco pra casa foi um dos membros do Vale do Pontar, Swarling! E quem disputou com ele a semi-final foi nada mais nada menos que Nocryingok! Os brasileiros estão se destacando no cenário competitivo Sul Americano e é um grande passo para comunidade nacional!

Swarling gravou os jogos da semi-final e final e junto com nocry irá comentá-los, no futuro canal do Vale do Pontar no youtube, fiquem ligados! Menção honrosa também ao HempAmage que também participou do campeonato. Parabéns a todos os brasileiros que competiram! Quem sabe um dia não vemos algum jogador brasileiro nestes campeonatos internacionais?

Comentários