Veja este incrível “Bestiário” sobre The Witcher feito por um designer brasileiro!

O designer gráfico Diego Araújo homenageou a saga The Witcher fazendo um incrível e artesanal Bestiário das criaturas. Apreciem abaixo esta grande obra de arte e entrem também na página do Diego Araújo para prestigiarem todos os seus belos trabalhos! Abaixo seguem informações e as imagens do Bestiário enviadas gentilmente pelo Diego para o Vale! 

“O projeto foi desenvolvido como trabalho final na Graduação de Design Gráfico, o processo de realização levou cerca de um ano, entre pesquisa e estudo do universo do jogo. A proposta foi desenvolver um objeto transmidiático, em forma de diário, contendo informações sobre as criaturas do universo de The Witcher. O objetivo foi auxiliar o jogador a combater de forma eficaz os monstros encontrados durante o gameplay. Para tal feito, foi criado um novo personagem, o bruxo Bartholomew Baltazar Brooks da escola da Víbora, que já esgotado e cansado da profissão, decide deixar algo para os Bruxos que ainda exercem a tarefa de abater as criaturas, com isso, começa a registrar seus dias e criar o Bestiário. Foram desenvolvidas várias ferramentas para que o jogador conseguisse se ambientar e obter as informações dentro do Diário, como os ícones, que mostram as magias, poções e equipamentos necessários para o confronto. As Ilustrações, que reforçam a mitologia e imersão, e o conteúdo literário, que é o elo entre o jogo e o bestiário.

O bestiário foi pensado para fortalecer o imaginário do jogador, contribuindo para a imersão do mesmo dentro do universo mitológico de The Witcher. Todo o Diário foi feito manualmente, desde as folhas envelhecidas, à costura e encadernação. Além do conteúdo literário os aspectos estéticos também foram pensados como ferramenta transmídia, as ilustrações foram desenhadas a mão, buscando expressar a visão e interpretação do bruxo, o texto organizado para que carregasse as caraterísticas e tensões da escrita manuscrita e todo o acabamento da capa e folhas internas buscaram o mesmo propósito.

O maior objetivo do Bestiário, era suprir uma necessidade encontrada dentro do próprio The Witcher, onde o jogador precisa se preparar para o combate, um jogador que já está acostumado com o universo e já conhece os itens, pode não sentir dificuldade na hora de enfrentar as criaturas, mas um novo jogador pode se sentir confuso. O diário consegue ambientar os jogadores menos experientes e ser um grande complemento para os fãs mais fiéis. Com páginas em branco no final do Bestiário, o jogador pode continuar a missão do bruxo, anotando sua própria experiência de gameplay.”

Confira o bestiário na íntegra acessando este link.

Comentários