Showrunner da série do The Witcher posta foto sobre o mapa da saga!

Imagem postada por Lauren

Divulgamos dias atrás que Lauren foi contratada para ser a showrunner da série da Netflix, e esta mulher não para.

Além de divulgar à duas semanas atrás que tinha terminado de ler o quinto livro da saga rapidamente (imagem acima, mas à essa altura do campeonato ela já deve ter lido todos), ontem ela postou no twitter que começou a trabalhar na geografia de The Witcher.

Este é o mapa em questão com um curioso símbolo atrás deste

A geografia do mundo que Sapkowski criou não é exata, visto que os mapas que se tem por aí foram feitos por fãs ou pela própria CDPR. O mapa acima postado pela Lauren é do The Witcher 1 e olhem que interessante, atrás deste temos um que pode indicar o logotipo da série, será?

Atenção, os trechos abaixo contém spoilers dos livros.

Os locais riscados por ela são os seguintes (Algumas informações foram tiradas da The Witcher Wiki Brasil):

Cintra

“Cintra era um reino muito poderoso na época da rainha Calanthe, mas foi conquistado pelo Império Nilfgaardiano durante a Primeira Guerra do Norte. Depois da Segunda Guerra do Norte, o reino se tornou um estado independente, mas, na verdade, ele é governado pelo Imperador Emhyr var Emreis.”

Cintra é a cidade natal da Ciri, portanto obviamente será bem mostrada na série, que provavelmente fará uso de flashbacks para viajar através do passado de Cirilla com Geralt e sua família, visto que ele faz uma visita à rainha Calanthe como descrito em A Espada do Destino.

Trásrios

“Trásrios é uma região ao sul de Angren. Consiste no lado sul do rio Jaruga, ao norte de Cintra, entre Sodden e Amell no oeste, Mahakam ao norte. O Newi atravessa a área. Depois do Massacre de CintraCiri fugiu para as florestas de Trásrios. Após a Segunda Guerra do Norte, a região foi anexada por Teméria.”

Geralt e Ciri se reencontram na floresta de Trásrios no conto “Algo Mais”, depois de ficarem um tempo afastados.

Vengerberg

“Vengerberg é a cidade capital de Aedirn e listada como uma das cidades mais ricas e populosas entre os reinos do Norte. Um centro de comércio de longa distância atravessado por muitas rotas e trilhas, possui uma indústria bem desenvolvida e instituições de educação. É onde mora a famosa feiticeira Yennefer.”

Vengerberg foi apenas mencionada na saga no livro, contando que Geralt morou com Yennefer na região após se conhecerem, porém sem muitos detalhes. A loja da feiticeira para produtos de beleza também está localizada na cidade.

Blaviken

“Blaviken é uma pequena cidade na Redânia, localizada na costa do Grande Mar. A cidade é o palco do conto “O Mal Menor“, da coletânea O Último Desejo.”

Blaviken é a cidade na qual Geralt enfrenta Renfri no conto O Mal Menor, contado em A Espada do Destino. A história é inspirada no famoso conto A Branca de Neve, porém na versão “menos inocente” do universo de The Witcher. Foi depois dessa história que Geralt fica conhecido como O carniceiro de Blaviken (Nem preciso falar o por quê, né?), apelido mencionado nos jogos também.

Creyden

“Creyden é um pequeno principado do norte, vassalo do reino de Kovir e Poviss e membro do Aliança Hengfors. Foi uma vez parte da Marcha Leste. Embora sua localização não é explicitamente descrita nos livros, encontra-se situada em algum lugar entre TalgarMalleore e Caingorn.”

Renfri, que aparece no conto O Mal Menor, é uma princesa de Creyden que acabou tomando outros caminhos por conta da forte discriminação a qual era subjugada, derivada da profecia das meninas que nasceram sob o sol negro.

Kaer Morhen

“Kaer Morhené uma antiga fortaleza onde os bruxos da escola do lobo eram treinados. O nome é uma corrupção do termo Caer a’Muirehen na Língua Antiga, que significa “Fortaleza do Mar Antigo”. Foi nomeado como tal, devido à presença de criaturas do mar fossilizados incrustados nas pedras das quais foi construída. Ela está localizada nas montanhas do reino de Kaedwen, em Gwenllech.”

Kaer Morhen só aparece mesmo no terceiro livro (Porém dizem que a série será baseada nos dois primeiros livros), então isso pode ser um indício de que teremos cenas do passado do Geralt, talvez seu treinamento de bruxo, o breve treinamento de Ciri ou só pequenos flashbacks?

Aretuza 

As pupilas das feiticeiras são estritamente proibidas até de flertes inocentes. Pela mais simples e pequena inflação dessa classe a tutora poderá considerar a aluna indigna e a expulsará da escola e para uma pupila isto é humilhante.

Aretuza é uma das mais famosas escolas de magia para jovens feiticeiras. Está situada na Ilha de Thanned e foi apresentada nos livros pela primeira vez pela reitora, Margarita Laux-Antille que comenta com Yennefer sobre levar Ciri como uma de suas aprendizes. Aretuza está localizada na ilha de Thanned pela qual as estudantes não podem vagar livremente.

Ban Ard 

“Entre as cidades Kaedweni, Ban Ard certamente merece uma menção pela famosa escola para jovens adeptos das artes mágicas. Diversos feiticeiros de nossos tempos foram ensinados lá. Ban Ard também fornece uma cavalaria pesada, formação altamente estimada no exército Kaedweni.”

Apesar de não ser a capital, Ban Ard é a cidade mais importante, economicamente, para Kaedwin por dois motivos: Sua atividade mineradora e, principalmente, a Academia de Ban Ard, uma escola de magia dirigida pelo reitor Dorregaray. 

Afinal, por que mostrar Ban Ard? Será que estão planejando falar um pouco sobre Dethmold? Afinal, é difícil esquecer o notório e trágico fim do conselheiro de Henselt em The Witcher 2.

Foto do PC da Lauren, onde ela está criando uma bíblia do universo
Comentários