Lauren fala mais sobre o processo de criação da série do The Witcher na Netflix

A série do The Witcher na Netflix já está fazendo testes para a escolha de elenco e a showrunner Lauren falou muita informação pertinente através de seu Twitter, confira:

Já se passaram 10 semanas desde que começamos a sala dos roteiristas do #TheWitcher.

Nós estávamos discutindo personagens, arcos emocionais e o enredo inicial para começar a temporada… e agora estamos falando de reviravoltas, lutas e formas extravagantes de terminar a temporada.

Está indo rápido demais para mim.

Qualquer escritor de TV dirá a você: É SOMENTE seguir em frente. Antes de começarmos, temos que saber para onde vamos terminar – ou então corremos o risco de os episódios se arrastarem, serpentearem, exasperarem-se ou ficarem muito cheios enquanto corremos para o final.

Vamos discutir como criamos um arco de temporada no #Witcher.

No primeiro dia, @declandebarra (alto, carrega uma régua) desenha oito colunas idênticas nas lousas brancas, rotulando-as de 101 a 108: esse é o piloto (101 = Primeira Temporada, Episódio Um) até o final. Lembre-se da imagem que eu postei meses atrás? Viram as colunas?

Sala dos roteiristas série The Witcher na Netflix
Imagem referida por Lauren das “Colunas” na “Sala dos Roteiristas”

101 (episódio piloto) é o mais fácil; Esta escrevendo. 102 é tradicionalmente o mais difícil porque é a primeira vez que a série sai do meu cérebro e vai PARA OS CÉREBROS de outros seis escritores (incluindo @jennydelherpes, que chutou bundas) e estamos processando e nos perguntando: o que vem a seguir?

E isso é muita pressão, então, em vez de ficar olhando para 102, voltamos nossa atenção para o 108. O que é uma conclusão satisfatória para a temporada que não apenas satisfaz as jornadas emocionais de Geralt e Companhia mas também mantém o público fisgado por mais um ano, voltando para mais? (🙏)

Spoiler: o fim que estamos dirigindo me faz chorar.

Continuando: com o fim firme em seu lugar, nos concentramos em preencher as colunas que levam a ele, de 102 a 107. E enquanto eu não posso dizer o que @hailzor e @BeauDeMayo escreveram no quadro (codificados por cores, por personagens), aqui estão algumas das questões que nos perguntamos, do jeito que fizemos:

Geralt e Companhia crescem e mudam ao longo da temporada, em blocos de construções episódicos?
Isso muda uma peça do tamanho certa do quebra-cabeça para um desenvolvimento macro mais longo da série?
Há bastante ação pulsante? Há suficiente não-ação magnética? (Isso é SUPER importante).

Tem emoção suficiente? humor suficiente? Carpeado suficiente? 🐴
Onde os monstros se encaixam? E romance?
Que construção de mundo precisamos estabelecer para futuras temporadas? Quais cortes, hierarquias, política?
Como podemos estabelecer esses ambientes sem excesso de explicações?

Estamos passando tempo suficiente com cada um dos nossos personagens principais, individualmente e coletivamente?
Quais outros personagens precisamos conhecer? Quais são as suas histórias?
Como eles podem ser uma parte orgânica desta temporada, enquanto poupamos o ‘suco’ de seu arco para uma temporada futura?

Estamos honrando os livros?
Estamos honrando o mundo? Os fãs existentes? Os novos fãs?
Estamos adicionando a quantidade certa de reviravoltas inesperadas para que a adaptação da TV seja tão divertida e surpreendente quanto outras adaptações, mantendo-se fiel às intenções originais do trabalho?

E mais de um milhão de vezes, e as respostas aparecem no quadro, e então nós – incluindo @sne_k e Mike O, que estão comigo há anos, em quem confio implicitamente – chutamos os pneus metafóricos. Porque não é suficiente que a temporada faça apenas sentido. Deve ser da melhor maneira possível contando histórias.

Então nós escrevemos e apagamos e reescrevemos e re-estruturamos de novo e de novo, até que isso funcione, o que é bom porque não importa o quê, nós temos um PLANO. A razão pela qual estamos nos movendo tão rapidamente (dez semanas!) É porque sabemos para onde estamos indo e mal podemos esperar para chegar lá.


Um usuário pseudo especialista em séries afirma à Lauren: “Pensar no final quando você nem sequer tem o episódio 5 é burro, e um movimento errado“. E esta responde.

 

Eu espero que você possa ver que é realmente o caminho certo. O único.

E para finalizar, hoje Lauren posta a foto abaixo com a seguinte frase e revela que o roteiro do terceiro episódio está finalizado:

Quando você está lendo o roteiro do episódio 103 de @BeauDeMayo e sua reação espontânea é fazer isso nas margens:

Roteiro episódio 3 série The Witcher
Foto de Lauren do episódio 3 da série do The Witcher na netflix

 

E aí, concorda com ela? Várias dessas perguntas de Lauren muito provavelmente são respostas e isso são bons indícios. O que está esperando da série? Acha que será tudo isso ou não? Comentem sobre sua expectativa!

A série está sendo produzida por Sean Daniel (A Múmia), Jason Brown (The Expanse), roteiro e produção a responsável é Lauren S. Hissrich (Demolidor e Os Defensores),  e a empresa de efeitos especiais polonesa Platige Images está envolvida e temos Jarek Sawko (The Fallen Art) e Tomasz Bagiński (A Catedral) na liderança dos efeitos especiais.

Comentários